quarta-feira, 31 de maio de 2017

#3

Tudo é tão individual 
e, por vezes, solitário.
As músicas só são boas quando nos identificamos. 
A dor do outro só faz sentido se tivermos empatia.
Toda beleza é relativa,
cada ser com um próprio olhar sobre as coisas.
Existem diferentes caminhos numa mesma estrada
e só enxergamos nossos próprios demônios no fundo dos abismos.
O cheiro do café pela manhã é insignificante para você
 mas significa algo para mim.
Os poemas que para uns não fazem sentido tocam a alma de outros.
O amor pesa diferente em cada coração.
E assim caminhamos lado a lado na mesma calçada
mas nunca compartilhamos totalmente da mesma vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email